quarta-feira, 31 de julho de 2013

5 curiosidades sobre os hormônios


5 curiosidades sobre os hormonios 5 curiosidades sobre os hormônios
Hormônios, hormônios, hormônios. Tente se lembrar de quantas vezes você ouviu essa palavra como uma justificativa para determinados problemas de saúde. Acne, aumento ou perda de peso, alergias e outras inúmeras complicações são, muitas vezes, culpa dos hormônios. Mas será que eles são mesmo os vilões? Há, de fato, alguns motivos pelos quais você deveria amá-los – e setores que você nem imaginava que eram influenciados por eles.

1 – Hormônios controlam seu apetite sexual

Nenhuma novidade até aqui mas, se você parar para refletir, não fosse a presença dos hormônios, talvez sua vida sexual não fosse tão satisfatória assim. De acordo com um estudo recente, os estrogênios e a progesterona são responsáveis diretos pelo apetite sexual feminino. Enquanto os estrogênios aumentam a libido, a progesterona faz com que ela diminua.

2 – Hormônios podem fazer com que você se sinta atraída por homens com feições femininas

Um estudo publicado no Reino Unido sugere que mulheres sob efeito de pílula anticoncepcional tinham maior tendência a se sentirem atraídas por homens com feições femininas ou afeminadas. Testadas antes de tomarem a pílula, elas demonstraram uma propensão maior a buscar características físicas consideradas mais masculinas, como mandíbula grande e formatos de rosto mais angulares. Após a ingestão do medicamento, entretanto, as mesmas mulheres se tornavam mais atraídas por rostos masculinos com traços femininos. Tudo bem, não se revolte – como o estudo foi feito com uma amostra muito pequena de mulheres, seus resultados não são conclusivos.

3 – Hormônios poderiam – teoricamente – influenciar suas preferências de voto

Dá para acreditar? E o estudo que sugeriu essa afirmação foi divulgado por nada menos que a CNN. Os resultados sugeriam que mulheres em período de ovulação eram mais propensas a votar em candidatos liberais, porque se sentiam mais sensuais. A recepção do público não foi nada agradável e, após diversas reclamações a respeito das afirmações, a pesquisa foi tirada do ar.

4 – Hormônios seriam determinantes na escolha da sua carreira profissional

Essa pesquisa foi um pouco mais séria e estudou jovens com hiperplasia adrenal congênita (HAC, na sigla em inglês), uma doença causada pela exposição do feto ao hormônio masculino andrógeno dentro do útero. Os especialistas analisaram essas crianças em comparação com seus irmãos e irmãs que não tinham a HAC. Descobriram que as mulheres portadoras da HAC tinham maior tendência a se interessarem por “coisas”, enquanto as demais se interessavam mais fortemente por “pessoas”. A conclusão dos pesquisadores foi que hormônios femininos influenciam a pessoa a escolher carreiras mais humanas, como a pedagogia, as ciências sociais e a psicologia, por exemplo, enquanto os hormônios masculinos fazem o contrário: influenciam a opção por carreiras na área de exatas.

5 – Hormônios fazem você gostar de caras com o estilo “bad boy”

De acordo com um estudo publicado em maio de 2012, você anda saindo com os homens errados por uma questão hormonal. Acontece que, durante o ciclo menstrual, na fase da ovulação, as mulheres tendem a escolher homens fisicamente atraentes ao invés daqueles que consideram confiáveis. Pode ser que isso explique por que sua vida amorosa anda tão conturbada, já pensou nisso?

11 alimentos para prevenir a osteoporose

11 alimentos para prevenir a osteoporose 11 alimentos para prevenir a osteoporose
Ossos saudáveis são essenciais para um sistema esquelético forte, que proteja todos os órgãos e dê estrutura ao corpo humano.
Para que eles se mantenham assim, saudáveis, devemos incluir alimentos apropriados à nossa rotina, dando preferência aos que podem ajudar a prevenir a osteoporose – condição em que os ossos se encontram fracos e propensos a lesões.

Informações importantes sobre o cálcio na osteoporose

“Quando falamos em osteoporose, a primeira coisa que vem à mente das pessoas é a necessidade de cálcio, porém, é importante saber que ele sozinho não forma ossos. Para formação óssea são necessários diversos nutrientes, como vitamina D, magnésio, zinco, cobre, boro, vitamina K, silício e outros. Por esse motivo, as suplementações de apenas cálcio e/ou vitamina D não têm se apresentado tão eficientes”, explica a nutricionista Daniela Mendes Tobaja, pós-graduada em Fisiologia do Exercício pela Unifesp e pós-graduanda em Nutrição Clínica Funcional pela UNICSUL-VP.
De acordo com a profissional, as principais fontes de cálcio são as folhas verdes escuras, leite e derivados. “Porém, é muito importante destacar que o cálcio presente nos leites e derivados é de baixa biodisponibilidade, ou seja, de pequena absorção (20%). Isso significa que, para atingir a necessidade de apenas cálcio, seria necessária grande quantidade destes alimentos e, ainda assim, dificilmente formariam massa óssea, devida à deficiência dos demais nutrientes neste grupo alimentar”, explica.
“Já o cálcio do brócolis, por exemplo, tem boa biodisponibilidade, três vezes mais (60%) do que o leite e derivados, e a presença dos demais nutrientes, como zinco, cobre, boro, magnésio etc.”, acrescenta a nutricionista.
Baseados nestas informações, vários estudos científicos observaram que os países que apresentam um alto consumo de leite e derivados, como Austrália, Nova Zelândia e América do Norte apresentam as maiores incidências de osteoporose, destaca a nutricionista Daniela Mendes Tobaja, enquanto a população da China e Japão (que tem menor consumo destes alimentos) apresenta menor incidência da doença.
“Portanto, o caminho para prevenção da osteoporose é a inclusão de alimentos ricos em nutrientes e com boa biodisponibilidade. É necessária também exposição à luz solar para manter bons níveis de vitamina D, fazer atividade física e ter uma boa saúde intestinal para melhor absorção dos nutrientes”, explica a profissional.
Levando em consideração todas essas informações, a nutricionista Daniela fez uma lista com sugestão de alimentos ricos nos nutrientes citados acima, que podem ajudar muito na prevenção da osteoporose.

Alimentos que são aliados contra a osteoporose

  1. Brócolis
  2. Gergelim
  3. Couve e outras folhas escuras
  4. Quiabo
  5. Linhaça
  6. Chia
  7. Oleaginosas (nozes, amêndoas, castanhas)
  8. Sardinha, salmão
  9. Feijão (sugestão: branco)
  10. Frutas (banana, laranja, entre outras)
  11. Ovos
Enfim, são alimentos saborosos, fáceis de encontrar e que, com certeza, só trarão benefícios à saúde e evitarão o enfraquecimento dos seus ossos.

Paloma apoia o irmão e ele fica sensibilizado


César se enfurece com a revelação de Edith, e Félix briga com a esposa. Vivian sugere que Perséfone embriague Rafael antes de levá-lo para casa. Félix expulsa Edith da mansão. Paloma conversa com Jonathan e tenta ajudá-lo a aceitar o pai.
Atílio, Márcia, Valdirene e Carlito chegam ao show de forró. Perséfone leva Rafael embriagado para casa. Pilar e Bernarda consolam Félix. Paloma apoia o irmão e ele fica sensibilizado. Félix e Jonathan conseguem se entender. César culpa Pilar pela orientação sexual do filho. Rafael dorme, e Perséfone fica frustrada. Joana comenta com Luciano que possui algumas economias e ele a beija.
Márcia obriga Valdirene a ir para o camarim do cantor de forró. Carlito começa uma briga com os seguranças, e Atílio acaba levando uma pancada na cabeça. Edith, Tamara e Jonathan vão para a casa de Gigi. Félix conversa com César.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Feliz, sim; perfeita, não

Ninguém é perfeita. A gente vive escutando e vira e mexe repete esse clichê, mas levá-lo a sério na própria vida é que são elas. Principalmente para nós, mulheres. É só reparar: estamos sempre em busca de perder 2 ou 3 quilinhos, por mais em cima que o corpo esteja. Se o cabelo é liso, dá-lhe baby liss para ganhar ondas; se é ondulado, a saída é apelar para a escova. Tudo por uma imagem melhor - porque parece que a nossa nunca está boa o suficiente. E a regra não vale só para a beleza. No trabalho, com a família, os amigos e no amor, a gente se desdobra para não falhar jamais. O que tem de ruim nisso, afinal? O que está por trás de tanta autoexigência: o medo de ser menos admirada e amada se cometer algum deslize. Cansativo, não? E perigoso: o preço de pegar pesado assim consigo mesma quase sempre é acabar boicotando a própria felicidade.

Mais compaixão, por favor

É nisso que acredita a psicóloga americana Kristin Neff, professora da Universidade do Texas, nos Estados Unidos. Ela é pioneira no estudo de um novo campo da psicologia, a autocompaixão, e autora do livro Self-Compassion: Stop Beating Yourself Up and Leave Insecurity Behind (ou Autocompaixão: pare de se maltratar e deixe a insegurança para trás, ainda sem tradução em português). O conceito nada mais é do que aceitar o que a gente é, com as fraquezas e imperfeições que moram em cada uma de nós, e se tratar bem apesar delas. Em entrevista à BOA FORMA, Kristin explica: "A mulher que almeja a perfeição dificilmente aceita ficar na média, o que a impede de fazer uma boa avaliação de si mesma. Como tem medo de falhar, ela abre mão dos seus planos para não correr o risco de se sentir fracassada".
De acordo com a psicóloga, quem exercita a autocompaixão tem menos risco de cair na armadilha de se julgar sempre de maneira negativa diante dos insucessos. Quem se cobra além da conta tem a tendência de encarar decisões aparentemente simples como cascas de banana jogadas no caminho, prontas para derrubá-la. Assim, diante de uma nova oportunidade de trabalho, está lá o diabinho soprando no ouvido: "Melhor fazer antes um MBA para se preparar". O que a leva a ficar no mesmo lugar a fim de evitar o risco de não dar conta do desafio. Sair com aquele homem lindo? "Não antes de fazer uma dieta relâmpago para zerar a barriga", ordena a voz.

A felicidade ao seu alcance

É claro que querer dar o melhor de si é positivo, pois impulsiona você em direção às suas metas e aumenta as chances de conquistá-las. Mas aceitar apenas o máximo da vida vira armadilha quando, na ânsia de alcançar a perfeição e não dar brecha para críticas, paralisa a ação e torna os sonhos inatingíveis. Em outras palavras, o perfeccionismo, tão valorizado por algumas pessoas e em alguns ambientes, atravanca a vida. Se fosse só esse o prejuízo, já seria péssimo. Mas estudos mostram que sentimentos ruins detonados por autocrítica e cobrança demais ativam partes do cérebro responsáveis pelo pensamento racional e pela sensação de fracasso. Isso pode levar à atelofobia, desordem psíquica caracterizada pelo medo da imperfeição e que, de tão comum, foi até batizada pelos médicos. Quando você se impõe padrões altíssimos de excelência e não se permite errar, é como se esticasse uma mola além dos limites da sua resistência Até que ela arrebenta. "Esse comportamento gera ansiedade e depressão", observa o psicoterapeuta Marco Antonio De Tommaso, consultor da BOA FORMA. "Ninguém é bom em tudo sempre. Muitas vezes, a busca pela perfeição é uma maneira de compensar sentimentos de inferioridade. Com medo de falhar, o perigo é desistir de arriscar novas conquistas e entrar na inércia." Para ele, um erro bem conduzido não é fracasso. Ao contrário, pode ser ponto de partida para o sucesso.

Você também merece A psicóloga Kristin Neff atribui à sociedade competitiva de hoje a necessidade de perfeição. "Nela, não basta você se gostar pelo que é; é preciso ser melhor do que as outras pessoas. Isso estimula a epidemia de narcisismo que vivemos, o que resulta em insatisfação permanente." Na busca ansiosa pela autoestima, é fácil apontar o dedo para si mesma se algo não sai como esperado. Resultado: culpa, frustração, tristeza. É exatamente diante dos imprevistos da vida que vale a pena praticar a autocompaixão, que nos ampara e mostra que não há nada de errado em apenas ser humana e... falhar. Quando uma amiga vem chorar no seu ombro porque se deu mal nos testes para uma multinacional, qual é a sua reação? Fala que o inglês dela estava ruim mesmo e faltou se preparar? Ou tenta levantar a moral da amiga dizendo que novas oportunidades virão? A maioria escolhe a segunda opção e, generosamente, faz o que pode para aliviar a angústia de quem a gente gosta. Isso é compaixão, que acende a esperança de ir em frente apesar dos altos e baixos. Por que, então, não usar a mesma boa intenção com você mesma?

Pegue mais leve Se o céu é o limite das suas expectativas, adote as ideias seguintes para diminuir a ansiedade e aumentar o prazer de ser quem você é.

• Desencane de ser a número 1 em tudo. Trate-se com compreensão nos momentos em que se sentir por baixo e busque a lição escondida em cada fracasso. Rir dos próprios erros é outra atitude inteligente e que alivia a tensão.

• Perfeito mesmo é o corpo da Deborah Secco, o cabelo da Gisele, o namorado megacarinhoso da sua amiga? Nada disso. Pare de comparar seus "defeitos" com as qualidades alheias (e de se sentir inferior por isso) e aprenda a curtir os presentes que a vida lhe dá.

• Explore suas individualidades. Afinal, o melhor da sua identidade se revela por meio de traços (físicos e de personalidade) que muitas vezes você tenta esconder.

• Aceite que a vida alterna fases de crise e de realização. E que há coisas que você vai conquistar, mas outras talvez não. Isso ajuda a dar a volta por cima e não desanimar nos períodos difíceis.

• Exercite a compaixão em todas as áreas da vida. Ela conecta (em vez de isolar) você com as pessoas e contribui para torná-la menos implacável com as suas falhas e as dos outros.

11 truques para ter mais energia

A gente já se acostumou a correr contra o relógio para dar conta de trabalho, estudo, tarefas domésticas e achar que a vida é assim mesmo: quanto mais agitada, melhor. Só que um dia o corpo reclama. É quando você percebe que está exausta, desmotivada, se sentindo feia e sem energia nem para se divertir. Nessa hora, é importante repensar o estilo de vida e colocar em prática atitudes que dão um choque no desânimo e renovam o astral em instantes. Quer ideias? Entregamos várias para você ter na manga e usar no trabalho, em casa, a dois ou a sós.

Filtre as companhias Há pessoas que são como vampiros emocionais: sugam sua energia e deixam você para baixo. Gente tagarela, que reclama demais ou só fala da própria vida costuma ser assim e, se você não se proteger, entra nessa relação sem perceber. "A pessoa não precisa ser do mal para ter esse poder sobre o outro", fala a psicóloga Carmen Cerqueira Cesar, de São Paulo. "Uma amiga querida ou colega de trabalho com quem você se dá bem tem essa capacidade. Cabe a você colocar limites para não se deixar contaminar." Corte a conversa com jeitinho ou invente uma mentira branca para evitar um encontro se sabe que não vai sair inteira dele. Assim, você não só preserva seu bem-estar mas a amizade também.

Sexo para reanimar Se nos dias em que chega em casa exausta e louca para se jogar no sofá a última coisa em que pensa é transar, não sabe o que está perdendo. Nos momentos de excitação, o organismo turbina a secreção de dopamina, endorfna e serotonina, substâncias que batem os níveis de cortisol e elevam o humor, a alegria e a disposição. De quebra, você levanta zerada no dia seguinte - um estudo da Arizona State University, nos Estados Unidos, revelou que mulheres que haviam feito sexo na noite anterior acordaram mais relaxadas e bem-humoradas.

Cheiro de bem-estar Leve na bolsa ou deixe na mesa de trabalho um blend de óleos essenciais capaz de dar um up imediato na disposição: com bergamota, grapefruit e limão é uma opção. O aroma age direto no cérebro, estimulando e reequilibrando os hormônios do bem-estar - é só aplicar nos locais em que dá para sentir a pulsação, como pescoço e pulsos, sempre que precisar de uma injeção de ânimo.

Laranja para levantar o astral Nas unhas, na maquiagem ou na roupa, nem que seja apenas em um acessório, essa cor tem tudo para colocá-la para cima no ato: ela afasta as energias negativas, estimula a mente e chama a alegria. E está súper na moda. Ou seja, com ela, é dois a zero para o alto-astral e a autoestima.

Silêncio mágico Ficar só e calada de vez em quando funciona para escutar o que o corpo e as emoções pedem - e não tem nada a ver com estar triste ou de mal com a vida. "Aí, conseguimos processar tanta informação que recebemos o tempo todo e achar sentido na vida", diz Carmen Cerqueira Cesar. "É como colocar cada arquivo na pasta certa para o computador (ou nossa mente) não dar pau", completa.

Transforme angústia em alegria A terapeuta Ma Deva Suvalia, do Hotel Ponto de Luz, em Joanópolis (SP), ensina um exercício capaz de transformar sofrimento e ansiedade em sentimentos bons: feche os olhos e visualize um ponto no meio do tórax, que corresponde ao chacra do coração. Inspire mentalizando seus medos e preocupações e expire pensando em coragem e tranquilidade, sempre focando o ponto no coração. Em cinco minutos, vai se sentir mais leve, renovada e pronta para encontrar soluções positivas para o que incomoda você.

Faça um spa em casa Tomar um banho quentinho e sem pressa já é um bálsamo contra o cansaço e a falta de ânimo. Para sair completamente renovada, aproveite os minutos embaixo do chuveiro e faça uma esfoliação no corpo com um punhado de sal grosso triturado com alecrim, manjericão e outras ervas aromáticas de que você gosta. "O processo renova a pele, libera aromas que refrescam e revigoram e neutraliza as energias negativas e positivas", fala o terapeuta Michael Roriz, do Blue Garden Spa, em São Paulo. Enquanto isso, aproveite para mentalizar coisas boas e focar no barulhinho da água caindo pelo corpo.

Recarregue com chocolate doce já é nosso amigo nos momentos de baixo-astral, mas a notícia melhor ainda é que ele entrega energia extra quando vem na forma de uma bebida quentinha. Primeiro, porque contém cafeína e teobromina, que estimulam o corpo a produzir endorfna e serotonina, substâncias relacionadas ao bem-estar e a emoções positivas. E, como revelou um estudo da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, publicado na revista Science, o simples fato de segurar uma caneca com uma bebida quente deixa você mais segura e para cima.

Suco que levanta Não dê mole para o desânimo e copie esta receita sugerida pela nutricionista Karoline Jorge, da KJ Nutricional Consultoria e Assessoria, em São Paulo, para começar o dia com pique total: bata no liquidificador 1 copo (200 ml) de suco de laranja, 1/3 de cenoura picada, 1 polpa de açaí e 1 colher (chá) de guaraná em pó. O açaí carrega ferro, mineral que em falta no organismo pode levar a cansaço e anemia. Combinado com o guaraná, a frutinha forma uma dupla revigorante. A laranja e a cenoura colaboram para a eliminação de toxinas e a renovação de todas as células do corpo.

Mexa o corpo Pode soar contraditório, mas quando você se sente exausta, uma das melhores coisas a fazer para recuperar o pique é malhar. Não precisa ser em alta intensidade nem até suar em bicas. Um estudo da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, mostrou que adultos que pedalaram em baixa intensidade por 20 minutos, três vezes por semana, sentiram 65% menos fadiga do que o grupo que não se movimentou e 16% mais dispostos do que quem praticou exercício pesado. É que mexer o corpo aumenta a oxigenação do sangue e dos tecidos e estimula a produção de substâncias que garantem energia, disposição e bem-estar, como dopamina, adrenalina, endorfina e serotonina.

Banana a tiracolo Não tem fruta mais prática que essa para matar a fome fora de hora, e o melhor é que ela também esbanja propriedades. "É ótima para quando falta energia, pois tem frutose e um tipo de aminoácido que serve como matéria-prima para a produção de serotonina, que garante bem-estar e disposição", diz Karoline Jorge.

Escolha amizades saudáveis



Escolha amizades saudáveis
Sabe aquela amiga que reclama da vida, o namorado ciumento demais, a colega do trabalho que vive querendo puxar seu tapete? Eles literalmente fazem mal à saúde, como mostrou um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Depois de uma semana escrevendo em um diário as experiências positivas e negativas que viveram e tendo amostras de saliva recolhidas, os voluntários entregaram a conclusão da pesquisa: cercar-se de pessoas baixo-astral e cultivar relações estressantes leva o organismo a produzir mais proteínas inflamatórias, associadas ao surgimento de doenças. Pense nisso!

10 mandamentos para ser bonita e poderosa

garota com coroa de miss
Roupas e acessórios lindos impressionam, mas não bastam para mostrar ao mundo do que você é capaz. Uma imagem inspiradora e autoconfiante depende mais de atitudes que, muitas vezes, você nem percebe. “Daquilo que o mundo vê da gente, 70% são resultado da nossa comunicação não-verbal”, fala a psicóloga Mônica Portella, do Rio de Janeiro. “Gestos, postura e expressões faciais dizem mais a seu respeito do que você imagina.” Não se trata de empinar o nariz e lançar um olhar ameaçador. Mas de encontrar o equilíbrio entre a doçura e a segurança, o que só é possível quando você conhece seus pontos fortes e fracos, curte a própria companhia e se valoriza. “Assim como uma garota comum pode se tornar linda por aquilo que transmite, uma mulher linda pode ficar feia se for muito insegura”, fala a escritora americana Sherry Argov, autora do livro Por Que os Homens Amam as Mulheres Poderosas? (Editora Sextante). Preparada para virar um ímã de admiradores?

1. Conquiste com o olhar
Na hora da sedução ou em uma entrevista de trabalho, deixe de lado o olhar fixo, aquele ue seca a pessoa à sua frente. Não é ele que entrega o seu verdadeiro poder. Também não vale olhar para baixo, é claro. “Conversar encarando a outra pessoa pode parecer agressivo e deixá-la intimidada, enquanto olhar por cima do ombro ou para os lados o tempo todo demonstra tédio ou desinteresse”, fala Mônica Portella. Escolha o meio-termo: fazer contato visual é obrigatório, mas você deixa a coisa mais natural lançando os olhos para outra parte do rosto do interlocutor e para os lados de vez em quando.

2. Levante a cabeça
A primeira impressão conta, sim: bastam 30 segundos para que a outra pessoa forme uma opinião a seu respeito, dizem os especialistas. Nessa hora, um dos pontos mais importantes a seu favor (ou contra você) é a sua postura. Costas retas, ombros abertos e queixo erguido são a imagem do sucesso. E o bom é que isso não muda só a maneira como os outros a veem, mas como você se enxerga também. Uma pesquisa da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, mostrou que manter a postura correta afeta os pensamentos e aumenta a confiança. A psicóloga Giovana Tessaro, de Curitiba, completa: “Sentir-se segura de verdade é meio caminho andado para o mundo ver você como uma mulher poderosa”. 

3. Aprenda a dizer não
Confesse: você tem a maior dificuldade para colocar essa palavra curtinha no vocabulário? Negar qualquer coisa, de um convite a um favor ou uma opinião sincera, é um sacrifício? Você não é a única, mas cuidado: quem perde com isso é você. Por medo de magoar alguém ou de ser rejeitada, é tipicamente feminino sair dizendo sim para tudo e, assim, ficar sobrecarregada no trabalho, infeliz no relacionamento, fazer coisas que não está a fim... Da próxima vez, avalie se tem mesmo condições de oferecer aquela ajuda ou se quer de fato fazer o que lhe pedem. Ter coragem de dizer não e escolher o sim na hora certa são sinais de que você valoriza o seu tempo, seus desejos e suas opiniões. Isso, sim, é poder.

4. Sorria mais
Encarar o mundo com um sorriso no rosto torna você mais atraente e positiva. Mas vamos combinar que, para liberar o riso – e ainda falar de perto, sair bem na foto e usar aquele batom vermelho poderoso – com orgulho, é obrigatório exibir dentes bem cuidados. Sem falar que isso também eleva o seu valor no mercado de trabalho, como sugerem os pesquisadores Sherry Glied e Matthew Neidell, da Universidade Columbia, nos Estados Unidos. É o seu caso? Ótimo! Se ainda não, cuide dos seus com a higiene certa e lembre-se de que a odontologia estética oferece soluções para todo tipo de problema hoje em dia. Quer a receita de um sorriso natural e matador? Os dentes ficam à mostra e os olhos ligeiramente encolhidos, sem medo de revelar possíveis ruguinhas.

5. Use a voz a seu favor
Em uma conversa, o volume, o ritmo e as pausas que você usa quando fala refletem seu estado emocional e o quanto você está no controle da situação. O segredo é o equilíbrio: alar alto ou baixo demais pode expressar insegurança, assim como muito rápido ou devagar corre o risco de revelar ansiedade ou falta de entusiasmo. Hesitou, gaguejou, a voz ficou fininha e parece que vai faltar? “Respire profundamente, quantas vezes o momento permitir”, aconselha Giovana Tessaro. Isso vai desacelerar o cérebro e ajudá-la a recuperar o controle da comunicação.

6. Ame seu cabelo
Você (e mais de 90% das brasileiras, como revelou uma pesquisa realizada por uma multinacional de cosméticos) já sabe que acordar de bem com o cabelo é determinante para ficar numa boa o dia inteiro e ganhar autoconfiança, seja no trabalho ou na vida pessoal. O que talvez seja novo é que isso é muito mais do que uma questão de vaidade. “O cabelo é um meio de expressão capaz de revelar bastante da personalidade feminina”, fala a antropóloga Miriam Goldenberg, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ela sugere que, enquanto o longo está associado a sensualidade, o curto costuma passar a imagem de uma mulher séria. “E se o loiro e liso simboliza poder, o escuro e cacheado original revela liberdade e segurança para aceitar suas raízes”, diz. Natural ou colorido, curto ou comprido,algumas coisas valem para todo mundo: cabelo tem que ser bem tratado e combinar com o seu estilo de vida, o que mostra que você se conhece e se gosta. 

7. Encontre o seu estilo

Não acredite se alguém disser que gastar dinheiro com roupas, bolsas e sapatos é supérfluo. “Abastecer o armário com peças de qualidade e que são a sua cara é um investimento que faz parte da tarefa de mostrar ao mundo a que você veio”, defende a psicóloga Mônica Portella. Se a primeira impressão conta, compensa investir para que ela seja positiva. Ou seja, mais importante do que se fantasiar de sexy, sóbria ou moderna é encontrar modelos que valorizem o seu tipo físico, deixem você à vontade e traduzam a mensagem que você quer passar. Na hora das compras, lembre-se de que resistir diante de mais uma bolsa ou par de sandálias da mesma cor também é um exercício do seu poder – de escolha.

8. Aposte no make
Acredite: para cada mulher existe um produto de beleza perfeito e um estilo de maquiagem capaz de realçar o que ela tem de melhor. A promotora de eventos Tatiana Barbieri, 34 anos, descobriu isso há pouco tempo. “Só passei a me maquiar quando comecei a trabalhar com festas”, conta. “Ficava sem graça de receber os convidados de cara lavada e fui começando devagar: primeiro rímel e gloss, depois um blush, delineador... Hoje, sou apaixonada por make e não me reconheço sem.” A brincadeira de ler revistas de beleza, fuçar blogs na internet sobre o assunto, experimentar cosméticos de várias marcas e testar looks na frente do espelho mexeu com a autoestima da moça. “Estou mais vaidosa, me visto melhor e saio mais à noite. Também virei referência para as minhas amigas, que não saem para a balada sem me perguntar o que eu acho da produção.”

9. Construa seu repertório
A maioria de nós se impressiona com aquelas mulheres que inspiram segurança, charme e poder sem esforço, como se tivessem nascido daquele jeito, não é? Só que ninguém vem ao mundo pronta, e é ao longo do caminho que você se prepara e amplia seu conhecimento. Seja qual for sua área de interesse, estude, leia, informe-se. Melhor: interesse-se por vários assuntos e exercite sua curiosidade – e seu cérebro. Assim, você aumenta seu círculo de conhecidos, suas chances de romance e seu leque de oportunidades. 

10. Abrace a vitória
Seja um elogio, um presente ou uma promoção, a mulher poderosa de verdade aceita o reconhecimento do seu sucesso com orgulho e prazer, sem emendar aquele “não precisava”, que, às vezes, escapa sem a gente perceber – nessa hora, um simples “obrigada” diz tudo. Mas isso é uma conquista, e vem para quem se entrega com paixão ao trabalho, aos relacionamentos, ao seu hobby favorito... e sabe que merece tudo o que recebe.

Conheça 5 profissões para quem é viciada em internet

Conheça 5 profissões para quem é viciada em internet
Durante o período de trabalho você para diversas vezes para dar aquela olhadinha estratégica nas redes sociais ou nas páginas da internet? Que tal transformar esse gosto em um trabalho remunerado? Em pesquisa recente, a CNN listou cinco empregos que são perfeitos para quem adora o ambiente virtual:
Consultora de Mídias Sociais
Esse é para as viciadas, que têm perfil em todas, ou quase todas as redes sociais. A consultora é responsável por divulgar nas redes a empresa em que trabalha, e devidos conteúdos, sorteios, promoções, ofertas, anúncios, enfim, promover a maior interação possível da empresa com o público.
Especialista em Relações Públicas
As relações públicas monitoram o resultado das ações propostas pelos consultores acima. Elas ficam de olho nas reações do público, e estão sempre on line em contato com a mídia e com os clientes, para responder pelas ações da empresa, seja para o consumidor ou para a imprensa. 
Analista de Operações do Usuário
Monitoram o comportamento do usuário no site. Que seções o cliente mais acessa, o que ele aprova ou reprova na internet. De posse dessas informações, ele repassa a empresa, que vê no que precisa melhorar para deixar seu consumidor mais satisfeito.
Recrutadora
Responsáveis pela seleção dos currículos para as vagas disponíveis nas empresas, que estão sempre precisando de gente especializada em recrutamento. As recrutadoras também fazem uma visitinha às redes sociais dos possíveis candidatos. 
Consultora de Marcas
É a profissional que ajuda a empresa a entender, criar e manter sua marca. Elas sabem quem é o público-alvo, como agradá-lo, e todas as campanhas publicitárias veiculadas na internet passam por ela.
Marcell Filgueiras

Nega do cabelo duro sim e com orgulho


Vire e mexe eu escrevo e comento alguma coisa sobre os padrões de beleza femininos e os absurdos que as mulheres se sentem obrigadas a fazer para alcança-los. Eu não canso de falar disso simplesmente porque acho esses padrões escrotos e penso que vocês, mulheres, não deveriam ser obrigadas a nada. O último capítulo dessa história foi escrito pela Júlia, de apenas 10 anos. Cansada de ouvir comentários maldosos sobre suas madeixas cacheadas e se recusando a alisá-los, a pequena gravou um video onde diz adorar seus cabelos do jeito que são e nem ligar para as provocações que ocasionalmente recebe. A declaração de amor capilar fez sucesso. O video já foi visto por mais de 132 mil pessoas. A tão combalida autoestima feminina agradece.
A ideia de uma menina de dez anos alisar os cabelos por pressão das coleguinhas pode soar absurda ou exagerada. Mas eu admito que não é nem uma coisa nem outra. Eu mesmo tenho amigas de infância que, ainda pequenas, apelaram para produtos químicos na tentativa de dar adeus aos cachos. E olha que quando eu era criança a ditadura dos fios impecavelmente lisos não havia se instaurado com tanta força. Me lembro delas reclamando da ardência no couro cabeludo por causa dos produtos fortíssimos e do encolher de ombros diante da “inevitabilidade” da situação, como quem diz “fazer o que, né?”.
O mais curioso é que a mãe dessas meninas portava uma cabeleira black power poderosa. Ou seja, elas recebiam das pessoas mais próximas a mensagem de que eram lindas do jeito que nasceram e que o cabelo crespo era motivo de orgulho. A história dessas duas irmãs é um bom exemplo de como a influência das pequenas coisas pode ter um impacto muito maior do que a gente pensa. Afinal, mesmo com uma referência familiar super forte elas escolheram mudar a aparência.
Outro dia escrevi sobre a versão da boneca Barbie criada por um artista plástico com base em medidas de uma garota real. Muita gente disse que eu estava exagerando. Que uma boneca é apenas uma boneca. Mesmo? Então, porque uma menina de dez anos gravou um video contando que é alvo de piadas porque tem o cabelo armado? De onde as coleguinhas dela tiraram a ideia de que liso é bom e crespo não é?
O ponto não é manter os cachos ou dar preferência aos cabelos lisos. Não pretendo substituir uma obrigação por outra. Mas o que leva as mulheres a adotarem um estilo ao invés de outro. Há quem diga que a culpa é da mídia, das capas de revista e das propagandas de shampoo. Eu tenho as minhas dúvidas se o buraco é tão em cima. Precisamos começar a entender como esses padrões estéticos se criam e se cristalizam para poder mudar o que não serve e melhorar o que vale a pena.


*Tá com dúvida se casa ou compra uma bicicleta? Não sabe se liga ou não para o pretê do escritório? Precisa de uma dica de receita para impressionar os amigos? Tem alguma história boa para dividir? Quer jogar conversa fora? Manda um e-mail para amigo_gay@yahoo.com.br. Quem sabe eu não tenho um bom conselho para te dar. 

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Entenda a dor de cabeça que acontece durante o ciclo menstrual

Ela começa cerca de dois dias antes e pode perdurar por até dois dias depois do início da menstruação. Muitas vezes é acompanhada de intolerância à luz e ao barulho, além de enjoo e mal estar. Conhecida por cerca de metade das mulheres, a enxaquecacatamenial é aquela dor de cabeça que acontece durante o ciclo menstrual e precisa ser corretamente diagnosticada e tratada. 
O estrógeno e progesterona são os principais hormônios que regulam o ciclo menstrual na mulher. Esses hormônios permanecem em níveis elevados até bem próximo ao início da menstruação, quando então seus níveis no sangue caem. É justamente essa oscilação hormonal, principalmente devido à diminuição dos níveis de estrógeno no sangue, que causa a enxaqueca catamenial. Isso porque um dos papéis do estrógeno é controlar os níveis cerebrais de serotonina, o hormônio do bem-estar. Quanto mais estrógeno, mais serotonina e, quando os níveis de estrógeno caem, os níveis de serotonina também caem. A redução da serotonina causa o aumento no organismo da chamada substância P, que atua causando vasodilatação - e é justamente esta vasodilatação a causa da enxaqueca. 
A enxaqueca pode ser acompanhada de oscilações do humor, cólicas menstruais e dores nas mamas, fazendo parte da conhecida tensão pré-menstrual, ou TPM. Mesmo as mulheres que tomam pílulas anticoncepcionais não estão livres desse tipo de enxaqueca, pois na "pausa" da tomada do medicamento também acontece esta diminuição do estrógeno.
Muitas vezes é necessário que a mulher troque o anticoncepcional na tentativa de evitar a enxaqueca catamenial. As pílulas normalmente contém estrógeno e progesterona em diferentes dosagens a depender da marca - são chamadas de anticoncepcionais combinados. Algumas pílulas de dosagem hormonal mais baixa são menos associadas à enxaqueca.
Para mulheres mais predispostas a ter a enxaqueca catamenial ou associada à pausa do anticoncepcional, as pílulas que contem apenas progesterona podem ser uma opção, além do uso dos anticoncepcionais de forma continuada, sem pausa. Uso de anti-inflamatórios alguns dias antes da menstruação também pode reduzir a enxaqueca e os sintomas da TPM.

Papa Francisco: “O jovem que não protesta não me agrada”

Papa Francisco: “O jovem que não protesta não me agrada” - Reprodução / Rede Globo
Em um furo de reportagem inédita no jornalismo mundial, o Fantástico deste domingo (28) apresentou uma entrevista com o Papa Francisco, gravada na sede da cúria, no bairro do Sumaré, no Rio de Janeiro.

A entrevista dada ao repórter Gerson Camarotti é inusitada, pelo fato de que um Pontífice não costuma ceder entrevistas. Além disso, é a primeira vez desde que Jorge Bergólio (nome real do Papa Francisco) fala de alguns assuntos polêmicos do Vaticano, desde que foi escolhido como Papa.

O Papa abordou assuntos difíceis, como os escândalos no Vaticano e os desafios da Igreja Católica para atrair fieis. Comentou também a acolhida que teve no Brasil, durante a Jornada Mundial da Juventude, e deu lições de humildade, solidariedade e humanidade.
Sobre as falhas na segurança e o vidro aberto do carro enquanto desfilava pelas ruas do Rio, Francisco disse não sentir medo:


“Eu não sinto medo. Sei que ninguém morre de véspera. Quando acontecer, o que Deus permitir, será. Eu não poderia vir ver este povo, que tem um coração tão grande, detrás de  uma caixa de vidro. As duas seguranças (do Vaticano e do Brasil) trabalharam muito bem. Mas ambas sabem que sou um indisciplinado nesse aspecto.”
Bergólio voltou a dizer que Deus é brasileiro, por isso não sente a rivalidade pelo Papa ter sido um argentino:

“O povo brasileiro tem um grande coração. Quanto à rivalidade, creio que já está totalmente superada.”
Sobre a ostentação na igreja, ele disse que sente o chamado de Deus:
“Penso que temos que dar testemunho de uma certa simplicidade - eu diria, inclusive, de pobreza. O povo sente seu coração magoado quando nós,  as pessoas consagradas, são apegadas a dinheiro.”

O repórter ainda tocou no crescimento de evangélicos entre a população brasileira:
“Pra mim é fundamental a proximidade da Igreja. Porque a Igreja é mãe, e nem você nem eu conhecemos uma mãe por correspondência. A mãe... dá carinho, toca, beija, ama. Quando a Igreja, ocupada com mil coisas, se descuida dessa proximidade, se descuida disso e só se comunica com documentos, é como uma mãe que se comunica com seu filho por carta.”
Corajoso, o jornalista quebrou o protocolo e perguntou sobre os escândalos em que o Vaticano foi recentemente envolvido, e o Papa não fugiu da pergunta:

“Agora mesmo, temos um escândalo de transferência de 10 ou 20 milhões de dólares de monsenhor. Belo favor faz esse senhor à Igreja, não é? Mas é preciso reconhecer que ele agiu mal, e a Igreja tem que dar a ele a punição que merece, pois agiu mal. No momento do conclave, antes temos o que chamamos congregações gerais - uma semana de reuniões dos cardeais. Naquela ocasião, falamos claramente dos problemas. Falamos de tudo. Porque estávamos sozinhos, e para saber qual era a realidade e traçar o perfil do novo Papa. E dali saíram problemas sérios, derivados em parte de tudo o que vocês conhecem: do Vatileaks e assim por diante. Havia problemas de escândalos. Mas também havia os santos. Esses homens que deram sua vida para trabalhar pela Igreja de maneira silenciosa no Conselho Apostólico.”

O Papa ainda mandou um recado para os jovens que estão nas ruas, lutando por melhorias e incentivou a luta e a manifestação:
“Um jovem que não protesta não me agrada. Porque o jovem tem a ilusão da utopia, e a utopia não é sempre ruim. A utopia é respirar e olhar adiante. O jovem é mais espontâneo, não tem tanta experiência de vida, é verdade. Mas às vezes a experiência nos freia. E ele tem mais energia para defender suas ideias. O jovem é essencialmente um inconformista. E isso é muito lindo! É preciso ouvir os jovens, dar-lhes lugares para se expressar, e cuidar para que não sejam manipulados.”

Depois da exibição da reportagem, a entrevista e seu conteúdo foi noticiada em diversos jornais, sites e tabloides do mundo todo.
Ofuxico/globo.com

Tony Salles diz que traiu Scheila Carvalho durante curta separação


Tony Salles diz que traiu Scheila Carvalho durante curta separação - Reprodução / Rede Record
Tony Salles deu uma entrevista ao Domingo Espetacular, da Record, neste domingo (28), após as declarações de Kamylla Simione, que esta semana declarou em seu facebook ser amante do cantor, que é casado com Scheila Carvalho.
Confrontado sobre uma foto que a moça expôs na internet, na qual aparece bem íntimo dela, o músico afirmou que foi tirada em fevereiro de 2013, quando ele e sua esposa, a ex-dançarina do Tchan, estavam passando por uma crise conjugal:
“Foi um pequeno deslize, estávamos meio separados”, justificou Tony, confirmando o caso.
Ainda segundo o cantor, ele e Schiela  logo reataram e ele nunca mais viu a tal moça e que, inclusive, recebeu o seguinte conselho da esposa, antes dela entrar no confinamento de A Fazenda:

“Nós estávamos bem quando ela entrou na Fazenda e ainda me disse antes de entrar: ‘vê lá o que você vai fazer aí fora, hein’”.
Sobre quando aconteceu a suposta traição, Tony explicou:

“Foi em Porto Seguro, estava com amigos, ela estava na casa desses amigos, em fevereiro, e depois disso nunca mais a ví”, contou, desmentindo a moça, que afirma que a foto é de maio deste ano.
Sobre as afirmações de Kamylla, sobre ter ficado várias vezes com o cantor e que há mais de seis meses eram amantes fixos, Tony negou categoricamente.
Ao ser perguntado se está arrependido, Tony embargou a voz:
“Me arrependo duas vezes, pela pessoa que me envolvi, e pela Scheila, por tudo que ela tá fazendo por mim, e eu aqui... ”, disse, chorando.
O ex-vocalista do É o Tchan ainda falou não imaginar a reação de Scheila quando ela sair do reality show.
A reportagem terminou mostrando algumas cenas de Scheila dentro do programa onde ela está confinada, sem nada saber da polêmica envolvendo seu nome.

Você sabia que a clamídia causa infertilidade?


Como a doença não tem sintomas, a mulher costuma descobri-la somente quando não pode mais engravidar
Foto: Getty Images
Essa doença sexualmente transmissível está entre as principais causas de infertilidade. E, acredite, ela pode acometer o sexo feminino desde cedo - 10% das jovens entre 15 e 24 anos atendidas pelo Sistema Único de Saúde receberam o diagnóstico da encrenca. "Por não ter sintomas, a mulher só descobre o quadro mais pra frente, quando não consegue engravidar", avisa o ginecologista Márcio Coslovsky. "O tratamento é à base de antibióticos, mas isso não soluciona a infertilidade", lamenta. Daí a importância de um diagnóstico precoce e de medidas preventivas. "O uso de preservativos é essencial", diz Aparecida Pacetta, ginecologista de São Paulo.

Aumente sua renda extra !!!

7 ideias para complementar sua renda 7 ideias para complementar sua renda
A grana está curta? Seja para complementar o orçamento ou aumentar a poupança, ter uma fonte de renda alternativa é o desejo de muitas pessoas. Se você tem um tempinho livre no dia a dia ou mesmo nos finais de semana, com dedicação e organização é possível trabalhar em casa e obter bons lucros!
O primeiro passo é procurar atividades com as quais você tem afinidade. Se você é boa na cozinha, por exemplo, fazer quitutes para vender pode ser uma ótima opção!
A jornalista Nathalia Boni, 23 anos, encontrou nos cupcakes uma boa forma de ganhar dinheiro. Ela começou oferecendo os bolinhos um a um, e hoje recebe encomendas para festas e estabelecimentos.
Apesar de ser uma atividade que exige dedicação, o lucro é de cerca de 100% sobre cada bolinho. E para atrair clientes, ela garante: o visual faz toda a diferença! “O mais importante para quem está começando a vender doces é a apresentação. O produto precisa ser bonito, apetitoso e chamar a atenção, seja com confeitos diferentes ou uma cobertura bem caprichada”, afirma.
Antes de começar, faça como a Nathalia e coloque tudo no papel: custos, lucros e mão de obra. Assim, saberá qual é o preço justo a cobrar pelo serviço. Uma boa organização é essencial para ter sucesso em trabalhos realizados em casa.
E, finalmente, coloque a mão na massa! A lista abaixo tem 7 ideias para você se inspirar e começar já a complementar sua renda com atividades alternativas. Confira!

1. Alimentos congelados

Vender alimentos congelados pode ser uma ótima forma de ganhar um dinheirinho. Você pode fazer salgadinhos, como esfirras e coxinhas, ou até massas recheadas, como rondele e nhoque. Teste suas melhores receitas, compre embalagens próprias para congelar e monte seu cardápio! Comece oferecendo aos amigos, familiares e vizinhos. Lembre-se: ao trabalhar com alimentos, é importante manter todos os cuidados com higiene e utilizar ingredientes de boa qualidade.

2. Doces para vender

Docinhos para festas, bombons e trufas recheadas também podem ser uma ótima fonte de renda alternativa. Escolha bons ingredientes e capriche no visual dos doces. Além de oferecer aos conhecidos, você pode mostrar seu trabalho em buffets, cafés e escritórios. Quando ganhar prática, pode trabalhar com encomendas.

3. Revenda de cosméticos

Muitas empresas trabalham com venda de cosméticos através de revendedoras. São marcas conhecidas e bastante procuradas, e o melhor: oferecem uma margem de lucro interessante. Esta é uma alternativa muito prática, já que basta carregar o catálogo de produtos aonde for para oferecê-los às pessoas.

4. Serviços de tradução

Caso tenha fluência em outro idioma, pode usar este conhecimento para fazer trabalhos como tradutora de textos. Essa é uma ótima alternativa para não comprometer seu emprego principal, já que o trabalho pode ser realizado em casa e no horário que for mais cômodo para você. Lembre-se de ter sempre um dicionário ao lado e revisar os textos com atenção. Um trabalho com erros causa péssima impressão.

5. Aulas particulares

Você pode se dedicar a ensinar algo que saiba fazer bem. Pode ser uma língua estrangeira, tocar um instrumento ou até aulas de reforço para crianças. Planeje as aulas com antecedência e tenha paciência para tirar as dúvidas dos alunos.

7. Crie um blog

Gosta de escrever? Então, essa pode ser uma alternativa para você. Procure um assunto sobre o qual gosta de falar e capriche na hora de montar sua página. Dependendo do número de acessos, você pode conseguir um bom dinheiro com a venda de anúncios. Muitos blogs de diferentes assuntos, como moda, culinária e maquiagem fazem o maior sucesso na internet e conseguem lucrar desta forma.

05 ideias do que vestir quando você não tem o que vestir

Que mulher nunca passou pela seguinte situação: você precisa sair logo de casa, olha o guarda roupa e se pergunta, o que vestir? Se você sofre com a falta de criatividade para montar looks, ter em mente algumas opções fáceis de copiar com o que você tem em casa é a chave para o sucesso.
Um dos segredos para não sofrer na hora de escolher o que vestir é sempre comprar looks inteiros, em vez de peças soltas para depois combinar com o que você tem em casa. Ou então, antes mesmo de sair para as compras veja o que você tem no guarda roupa para combinar com o que vai comprar. Outra dica é tomar cuidado com peças estampadas. Se você costuma comprar calças estampadas, prefira blusas e casacos lisos e vice-versa. Criar looks com facilidade é mais uma questão de equilíbrio do que estilo a princípio. Se uma peça chama mais atenção, as outras devem ser mais neutras.
Para inspirar você a montar combos super práticos e facilitar sua vida, confira a seguir uma seleção de looks que podem ser recriados com peças que provavelmente você tem em casa:

Jeans + T-shirt


Este é um look muito fácil de combinar e trabalha com peças que praticamente toda mulher tem no guarda roupa. Serve para dias de calor ou dias frescos e pode ser um look para ir à faculdade, ao trabalho ou às compras.
Tubinho preto


O tubinho preto é uma peça essencial no guarda roupa de qualquer mulher. Ele te salva nas situações em que precisa estar elegante sem gastar muito tempo. O tubinho preto requer acessórios poderosos, como uma clutch de paetê ou oncinha, um maxicolar e um sapato à altura do look.
Vestido floral


O look com peça floral é ideal para usar na primavera e no verão durante o dia, quando só uma roupa fresquinha cai bem. Aposte em um vestido rodado com tecido leve para o seu conforto. Combine com uma sandália de salto baixo e uma clutch divertida. Com este look você pode ir ao cinema, piquenique no parque, passeio com o cachorro ou ir tomar um sorvete com o namorado ou as amigas.

Vestido + casaco


Este é o look certo e fácil para um dia de muito frio em que você não quer deixar a elegância de lado. Ter um casaco preto de inverno no guarda roupa é essencial mesmo para quem mora em cidades de clima quente, pois pode ser necessário em viagens. Combine-o com um vestido de inverno e use meias fio 80 e ankle boot para proteger os pés do frio.
Vestido de paetê


Ter ao menos um vestido de festa é essencial para quem costuma ser convidada de última hora para eventos sociais noturnos. E o vestido de paetê é uma ótima pedida porque ele sozinho já é o destaque do look. Para combinar aposte em um sandália e uma clutch básicos para dar o equilíbrio no visual.

sábado, 27 de julho de 2013

Aniversariante do Dia !!!

Katiane Lima
Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário.

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.

Que seu coração, esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para mim.

Felicidades pelo seu aniversário.

Que seu caminhar seja sempre premiado com a presença de Deus, guiando seus passos e intuindo suas decisões, para que suas conquistas e vitórias, sejam constantes em seus dias.

Parabéns por hoje, mas felicidades sempre.


Gilmar Mendes dá mais 60 dias para PF concluir investigação sobre Aécio

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu mais 60 dias para a Polícia Federal (PF) concluir as investigações ...