sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Veja o que o seu cabelo diz sobre sua personalidade

Há algum tempo, os cabelos lisos e longos eram predominantes nas passarelas, nas ruas, em toda a parte. Graças a algumas celebridades mais ousadas, que inovaram nos cortes, outras alternativas foram ganhando espaço. Mas um corte de cabelo pode dizer muito mais sobre sua personalidade do que você imagina. Confira algumas características segundo os especialistas entrevistados pelo Daily Mail:
Fernanda Lima - Inexpressivo

Corte de cabelos muito simples significam que a pessoa não quer ser muito óbvia ou reveladora, prefere o mistério.

Cleo Pires - Inexpressivo

A atriz também se encaixa na categoria dos cabelos inexpressivos, com um corte que não muda.

Taís Araújo - Masculino

Ela radicalizou e cortou os fios bem curtinhos, estilo joãozinho.
Gisele Bündchen - Simpático

Os fios ondulados e brilhantes passam uma boa impressão. A top model se encaixa nessa categoria.

Risco de câncer nas mulheres pode ter relação com altura, diz estudo

risco de cancer nas mulheres pode ter relacao com altura diz estudo Risco de câncer nas mulheres pode ter relação com altura, diz estudo
Se você às vezes sente inveja do corpo das modelos com suas longas pernas, pode reconsiderar sua opinião. É que de acordo com uma nova pesquisa publicada na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention, há uma ligação entre a altura e o risco de ter câncer. Depois de estudar mais de 20 mulheres entre 50 e 79 anos, os pesquisadores descobriram um relação surpreendente entre a altura das mulheres na pós-menopausa e seu risco para a doença.
As mulheres foram divididas em cinco grupos, de acordo com sua altura. Os pesquisadores analisaram dados sobre cada grupo e avaliaram os riscos de desenvolvimento do melanoma, câncer de mama, de ovário, de endométrio e de cólon. Eles descobriram que, para cada quatro centímetros a mais de altura, o risco de desenvolver diferentes tipos de câncer aumenta em 13%.
Todos os tipos de câncer testados apresentaram uma associação positiva com a altura. Mas os autores do estudo alertam que os resultados não significam que o câncer é inevitável para todas as mulheres altas. “A altura adulta é determinada tanto pela genética e por exposições no início da vida, além das circunstâncias ambientais. A influência das exposições ambientais é evidenciada pelo aumento secular na altura das populações em muitos países a partir do século 19. A altura não deve, portanto, ser considerada como um fator de risco em si”.

7 fatos interessantes sobre a pipoca

pipoca 7 fatos interessantes sobre a pipoca
Nos dias mais frios do ano, nada melhor do que assistir a um filme, seja no cinema, seja no conforto do próprio lar. E para acompanhar este programinha, a pipoca é, quase sempre, o alimento preferido!
Porém, para as pessoas mais atentas à saúde, podem surgir algumas dúvidas, como: pipoca engorda? Posso comê-la com que frequência? Entre outras perguntas que muita gente já se fez.
Para os amantes da pipoca, aqui vai uma boa notícia: se consumida de forma correta, ela não engorda e pode até fazer bem para a saúde!
Abaixo você confere essas e outras informações interessantes sobre este alimento que agrada a maioria das pessoas.

1. Pipoca faz bem à saúde

A nutricionista Priscila Azevedo destaca que a pipoca já não é mais vista como uma “vilã”, quando consumida de forma correta (veja abaixo no item 4). Em um estudo realizado pela American Chemical Society, cientistas relataram que ela contém grande quantidade de substâncias antioxidantes saudáveis: os polifenóis.
“Os polifenóis, também encontrados nas frutas, verduras, chocolates, vinhos, café e chás, são conhecidos pelas suas propriedades, já que ajudam a proteger o coração e reduzem o risco de doenças cancerígenas”, diz Priscila.
“A quantidade de polifenóis encontrada na pipoca foi de até 300 mg por porção em comparação a 114 mg encontrados em uma porção de milho doce e 160 mg nas frutas, de acordo com o estudo realizado”, explica Priscila.
No entanto, vale destacar que a pipoca não pode substituir frutas e vegetais frescos em uma dieta saudável. “Frutas e verduras contêm vitaminas e outros nutrientes que são essenciais para uma boa saúde”, lembra a nutricionista.

2. Pipoca pode prevenir doenças

“Devido às suas propriedades antioxidantes, os polifenóis atuam contra os radicais livres, prevenindo desde o envelhecimento precoce até casos de câncer”, diz Priscila. “Segundo Joe Vinson (líder do estudo), isso ocorre porque a quantidade de água encontrada em frutas e verduras chega a 90% e, com isso, ocorre uma maior diluição dos antioxidantes. Já na pipoca, a quantidade de água é cerca de 4%, permitindo assim uma maior concentração dos antioxidantes”, explica a nutricionista.

3. A casca da pipoca é ainda mais saudável

A nutricionista Priscila Azevedo destaca que é na casca da pipoca – parte que a maioria das pessoas não gosta – que se encontra a maior concentração de polifenóis e fibras. “Apesar de não ser tão saborosa, a casca oferece maior quantidade de fibras, substância que contribui para o bolo fecal”, explica.

4. Pipoca pode ser consumida todos os dias

De acordo com a nutricionista Priscila, a recomendação de consumo diário da pipoca é de 20g ou de uma xícara e meia (chá). “É bom optar sempre pela pipoca tradicional, evitando a de micro-ondas”, diz.
“A pipoca completaria a quantidade de grãos indicada para o consumo diário, pois seus grãos estão integrais, proporcionando mais benefícios que outros produtos a base de sementes integrais, que passam por processamento, perdendo parte das propriedades”, explica a nutricionista.
Porém, vale lembrar que ela deve ser consumida com pouco ou nenhum sal.

5. Pipoca tradicional é melhor do que a de micro-ondas

Muita gente acaba optando pela pipoca de micro-ondas por ser mais rápida e prática de preparar. Porém, é realmente verdade que ela não é saudável como a tradicional. Vale a pena evitar!
“A pipoca tradicional possui em média 78 calorias em uma xícara de chá, já a de micro-ondas possui 114. Além disso, a versão de micro-ondas apresenta uma quantidade de gordura muito elevada: em média, 7g. Em contrapartida, a pipoca tradicional não apresenta lipídios”, explica a nutricionista Priscila Azevedo.
“Vale lembrar também que a quantidade de sódio apresentada na pipoca de micro-ondas é de 255mg. E de acordo com o guia alimentar da população brasileira, a recomendação de sal NaCl não deve ultrapassar 5g por dia (1,7g de sódio)”, acrescenta Priscila.

6. Pipoca não engorda

Se consumida sem exageros e com pouco sal, a pipoca não vai causar danos à dieta. “Basta incluí-la, em quantidades adequadas, a uma alimentação balanceada, ingerir em média 2 litros de água ao dia e praticar atividade física regularmente”, diz a nutricionista Priscila.
Vale lembrar que a pipoca deve ser consumida com pouco (ou nenhum) sal e sem o acréscimo de açúcar, chocolate, molhos ou temperos.

7. Pipoca do cinema não é uma boa escolha

“Não se engane. Com a pipoca tradicional, preparada em casa, é possível controlar a quantidade de gordura, deixando-a mais saudável. Já as disponíveis nos cinemas, apresentam gorduras trans que trazem malefícios à saúde, podendo levar ao entupimento das artérias, gerar doenças do coração etc.”, alerta a nutricionista Priscila. “Elas costumam ainda ter outros produtos que realçam sabores e são negativos à saúde”, acrescenta.
Anotou todas as informações?! Se você adora pipoca agora já sabe: quando consumida de forma consciente, a pipoca traz muitos benefícios à saúde!

Amor’: Pilar dá surra em Aline, secretária revela gravidez e César decide se separar

Pilar descobre traição
Sabe aquelas famosas cenas de briga de novela que prometem “vingar” o telespectador. Pois então, ‘Amor à Vida’ terá uma destas em breve. Logo após descobrir a traição do marido, Pilar (Suzana Vieira) dará um surra em Aline (Vanessa Giácomo), mas aceitará César (Antonio Fagundes) de volta. Porém, para surpresa dela, o médico decidirá se separar quando souber que a amante está grávida. Este drama dominará praticamente uma semana de novela.

Tudo começa quando Félix (Mateus Solano) consegue todas as provas que precisa contra o pai. Ele então arma o flagra e vai com a mãe até o flat de Aline. Chegando lá, Pilar leva um susto ao ver os dois juntos e, ainda por cima, é humilhada pela morena. A secretária diz que César não deseja mais a esposa e revela que o ama. “É piranhagem pura!”, retruca Pilar. Aline não se cala e chama a rival de velha. Pilar então parte para cima da pilantra e lhe dá uma surra daquelas.
Terminado o barraco, César avisa para Aline que precisa recuperar seu casamento. “O que nós temos sempre foi um caso. Eu não posso jogar tantos anos de casamento no lixo”, avisa. Chegando na mansão, o médico pede perdão para Pilar de joelhos e ela aceita. Os dois passam a noite juntos e o patriarca promete terminar seu romance com Aline.
César quer recomeçar ao lado de Aline

O que César não esperava era receber uma notícia bombástica. Aline conta que está grávida e sugere que ele pode recomeçar a vida, da qual ele tanto reclama, ao seu lado. A princípio ele diz que ela não pode ter a criança, pois o filho “vai destruir” sua vida. Mas o babão volta atrás e decide se separar de Pilar.
Revoltada, Pilar fica decidida a arrancar todos os bens de César. “Eu quero tirar tudo do César. Principalmente o que ele mais ama: o hospital!”, comenta com a advogada. Aline, do outro lado, envenena o amante contra sua família. também de olho no dinheiro. A secretária faz o médico acreditar que Félix e Paloma são contra sua decisão, pois têm medo de perder a herança.
Aline também sugere que César deixe de ajudar Paloma financeiramente. “Ela não vai casar? Não é médica? Ela que se vire, pra aprender a dar valor pro pai que tem”, opina. César, por sinal, dirá para a filha que não pretende entrar com ela na igreja, pois é contra seu casamento com Bruno (Malvino Salvador).
No capítulo do dia 21 de setembro, César surpreende uma vez mais e procura Pilar, dizendo que se arrependeu. Alguma ele está tramando!
Toda esta confusão irá ao ar a partir do capítulo do dia 16.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Alunas do curso de Manicure e Pedicure do Senac visitam a loja Empório Cosméticos

Na manhã desta quinta-feira 29 de Agosto, as alunas do curso de Manicure e Pedicure visitaram a loja Empório Cosméticos na cidade de Santa Cruz.
No município de Lajes Pintadas  desde o mês de Agosto, Estão sendo realizados  os cursos de manicure e pedicure  em parceria com a secretaria do bem Estar Social, CRAS, prefeitura municipal e SENAC Rio Grande do Norte. As aulas são ministradas pela professora VIVIAN na sede do CRAS aqui em Lajes Pintadas. 






quarta-feira, 28 de agosto de 2013

E Denise Rocha segue firme na “Fazenda 6″

O mais óbvio aconteceu. Paulo Nunes foi eliminado e Denise Rocha foi salva com 59% do votos. Um amigo resumiu a situação: "Ninguém quer que ela saia, né? A única chance seria com a Bárbara, mas não houve roça". Bom, não é preciso dizer que Denise e suas histerias fazem bem para audiência da 'Fazenda', né?
De qualquer forma, nesta roça não teve nada de novo, tirando, é claro, o fato do Furacão da CPI ter voltado para a sede da fazenda e ter sido recebida com a maior frieza pelos integrantes. É a terceira vez que a loira participa de uma roça e volta. Nas outras duas não houve eliminação. Sorte? Vamos ver e o Furacão vai continuar causando ira do peões. Só uma coisa, a votação que salvou Denise não foi tão expressiva assim...

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Perfumes podem representar perigo para a sua saúde

perfumes podem representar perigo para a sua saude Perfumes podem representar perigo para a sua saúde
Você sente um perfume e, num passe de mágica, o aroma te leva a reviver emoções e a recordar experiências passadas? Sim, o aroma pode mudar seu humor ou suscitar sentimentos – já que as mensagens olfativas são enviadas para áreas do cérebro associadas à emoção, à memória e à criatividade.
Cheirar bem, com o auxílio dos perfumes e colônias, é parte da vida civilizada há vários séculos. E durante muito tempo, as matérias-primas das fragrâncias agradáveis eram unicamente flores, raízes e os óleos essenciais extraídos de alguns animais selvagens. “Hoje, inclusive pelo menor custo, estes aromas naturais têm sido substituídos cada vez mais por compostos sintéticos”, explica a química Carla Moskviak.
O problema é que muitos destes produtos químicos usados para produzir cheiros maravilhosos são potencialmente prejudicais para a saúde. Estudos feitos pela ONG Defesa Animal e também pelo Greenpeace divulgaram ao longo dos últimos anos alguns destes perigos tóxicos contidos nos frascos de perfume.

Como é feito um perfume?

Sob uma análise química, um perfume pode ter até 500 componentes, o que faz dele uma mistura bem complexa. Mas há três componentes básicos: a essência (ou óleo essencial), o diluente e o fixador, explica a química Carla Moskviak.
As essências são as substâncias que geram o perfume e podem ser naturais ou, na maior parte dos casos, sintéticas. Já os diluentes, que garantem ao perfume a concentração certa do aroma, normalmente são o álcool (etanol) e a água. Os fixadores são substâncias utilizadas para conservar o aroma por mais tempo.
Quimicamente falando, as fragrâncias encontradas em detergentes, amaciantes e produtos de limpeza são, com frequência, as mesmas usadas na fabricação de perfumes.

Perigo no frasco

Muitos dos “ingredientes” utilizados pela indústria de perfumaria podem atuar como neurotoxinas, ou seja, têm efeitos tóxicos sobre o sistema nervoso e o cérebro. Estudos recentes mostram que o acúmulo destas toxinas ao longo do tempo pode resultar em inflamações que precedem danos cerebrais graves, como Alzheimer e Parkinson.
Outros componentes das fragrâncias podem atrapalhar o equilíbrio hormonal natural, causando problemas emocionais como ansiedade e alterações de humor. Pessoas com sensibilidade aos componentes químicos das fragrâncias podem sofrer de enxaqueca severa, tonturas, náuseas, dor de garganta, irritação nos olhos, alergias na pele e asma.
Alguns dos produtos químicos mais comuns nos perfumes são o etanol, acetaldeído, benzaldeído, acetato de benzilo, acetona, álcool de benzilo, acetato de etilo, o linalool, cloreto de metileno, o óxido de estireno, dimenthyl sulfato, o a-terpineol, cânfora e limoneno.
O maior problema, principalmente para os alérgicos, é que nem sempre o perigo para a saúde esta estampado no rótulo dos produtos. Isto por que a lei garante ao fabricante o direito de não informar todos os componentes utilizados na fórmula do produto.

Recomendações

Para evitar danos à sua saúde, é importante manter o hábito de ler os rótulos dos produtos de higiene pessoal. Se não há lista de ingredientes, o fabricante pode ter algo a esconder. Além disso, tome cuidado com óleos perfumados (produto sintético) disfarçados de óleos essenciais (originado em fontes naturais).
E se a ideia é trocar de fragrância, procure primeiro conseguir uma amostra do perfume – para se certificar de que você não é alérgico a ele. Sempre que desconfiar de uma reação alérgica ou um risco à saúde por causa do perfume, deixe imediatamente de usá-lo e consulte seu médico.

5 motivos para fazer sexo hoje mesmo

5 motivos para fazer sexo hoje mesmo 5 motivos para fazer sexo hoje mesmo
Inúmeras pesquisas científicas comprovam, todos os anos, os benefícios do sexo para a saúde humana. O “exercício” melhora o humor, queima calorias e é capaz até de prevenir algumas doenças. Se você, porém ainda não conhece as maravilhas que o sexo pode operar na sua vida, que tal conferir uma lista com cinco motivos para pensar melhor antes de dizer que está com dor de cabeça?

1 – Seu organismo agradece

De acordo com um estudo realizado pelo Dr. Paul Pearsall, diretor de medicina comportamental no Beaumont Hospital, em Detroit, diversos pacientes que sofriam ataques cardíacos tinham, anteriormente, passado por períodos de insatisfação sexual. Aparentemente, manter uma vida sexual ativa é uma boa maneira de proteger o organismo contra uma série de problemas de saúde.


2 – Adeus, calorias

Para quem quer perder peso, o sexo é uma ótima opção de exercício, porque queima muitas calorias e não exige grandes sacrifícios. Algumas pesquisas garantem que 30 minutos de sexo podem queimar cerca de 90 calorias – isso significa que, se você fizer sexo três vezes por semana, poderá perder até cinco quilos em um ano.

3 – Sabe aquela dor de cabeça?

Não é desculpa para deixar o sexo de lado, segundo os especialistas. Isso porque o sexo libera no organismo determinadas substâncias capazes de inibir a dor, como a ocitocina. De acordo com dados disponíveis no livro “Como tratar a artrite”, escrito pelo reumatologista Carter V. Multz, o sexo pode reduzir o inchaço, a dor e as inflamações frequentemente associados à artrite, cólicas menstruais e dores de cabeça.

4 – Nunca se está velho demais para ele

Antigamente, a idade era uma desculpa aceitável para que as pessoas deixassem de praticar o sexo. Hoje em dia, no entanto, já se sabe que ele pode ajudara repor uma série de hormônios que se perdem com o passar dos anos – inclusive a testosterona. Essa propriedade faz com que pessoas que fazem sexo de maneira regular pareçam mais felizes e saudáveis que as demais, sem importar sua idade.

De acordo com um estudo desenvolvido no Royal Edinburgh Hospital, na Escócia, pelo neuropsicólogo clínico David Weeks, os pacientes que relatam praticar o sexo uma média de três a quatro vezes por semana aparentavam uma idade física cerca de dez anos mais jovem do que sua idade real. Esse tipo de benefício colateral do sexo é mais um motivo para não deixar de praticá-lo, mesmo com o passar dos anos.

5 – Nada de depressão, sexo é sinônimo de diversão

“A sensação do orgasmo é muito eficaz para acalmar as pessoas”, diz Jennifer Gravez, chefe da assessoria de imprensa do Kinsey Institute for Research in Sex, Gender and Reproduction, em Bloomington, Indiana, nos Estados Unidos. A declaração é de um artigo recente publicado pelo Instituto. Jennifer explica que “ele [o sexo] ajuda com o sono, independentemente se estamos falando de sexo solitário ou com um parceiro”.

A sensação de felicidade se deve, mais uma vez, às substâncias liberadas no organismo no momento do orgasmo, como a serotonina. Essas substâncias promovem o bem-estar do indivíduo e, por isso, o sexo pode ser um importante aliado no combate a problemas como a depressão.

Escreva No Espelho

Escreva no espelho
É preciso ter garra!
Tenho pensado sobre isso por ver uma quantidade gigantesca de mulheres que dizem ter confiança em Deus, mas nenhuma em si mesmas…
Quando você acredita em si mesma, você passa uma certa confiança a todos ao seu redor e isso adiciona para sua vida em todos os sentidos.
É gostoso estar ao redor de uma pessoa confiante e positiva e uma chatice estar junto de uma pessoa negativa, insegura, reclamona e resmungona…
Não estou falando de arrogância, por favor não confundam. Essa confiança é muito diferente da arrogância e é algo muito positivo.
Ela precisa também ser algo constante, pois não podemos ser como as ondas do mar, um momento lá em cima e outro lá em baixo…
Essa confiança, pode ser traduzida em outra palavra: fé.
Você precisa ter fé em Deus e fé em você mesma também, pois de que adianta essa sua fé em Deus se você não crê que ela se estende até a sua pessoa?
Ainda que ninguém dê nada por você, o Senhor Jesus deu Sua própria vida!
Quantas vezes não ouvimos palavras negativas?
O diabo usa isso pra lhe colocar pra baixo. Seja forte e corajosa e vire o balde!!! Mude a situação. Você pode!
Escreva no seu espelho, aquele em que você se olha todos os dias ao acordar: “Eu posso. Eu sou forte. Eu creio em Deus e tenho um grande potencial! Eu creio em mim.”
E comece a agir como tal.
Se Jesus está em você, então ao se olhar no espelho, você precisa vê-Lo!!!

Cristiane Cardoso 

‘Amor à Vida’: saiba como será o resgate de Paloma

Conforme o Folhetim antecipou aqui, Bruno (Malvino Salvador) vai tirar Paloma (Paolla Oliveira) da clínica psiquiátrica onde ela será internada pela própria família. Saiba os detalhes da fuga, que irá ao ar a partir do capítulo do dia 9 de setembro.
Tudo começa quando o corretor de imóveis pede ajuda para Ordália (Eliane Giardini). A enfermeira sugere que o filho entre na clínica se fingindo de motorista de lavanderia, mas Bruno tem um ideia melhor. Com o auxílio da mãe e de Lutero (Ary Fontoura), ele consegue uma ambulância no San Magno. Carlito (Anderson di Rizzi) se passará por motorista, enquanto Ordália, Raquel, Pérsio e Rebeca se passam por enfermeiros.
Eles dirão que receberam um chamado para retirar Paloma e levá-la para uma cirurgia de emergência. Em um primeiro momento, os funcionários da clínica não acreditarão na história, mas cederão à pressão de Ordália, que usará o nome de César (Antonio Fagundes).
Enquanto esta turma vai até Paloma, Lutero estará na sala da diretora do local. Quando ela for avisada da remoção da paciente e tentar checar o que está acontecendo, o cirurgião a impedirá de sair, trancando a porta, e os dois vão lutar pela chave.
Do lado de fora, ao enfrentar a resistência dos enfermeiros da clínica, Bruno vai disparar o alarme de incêndio e conseguirá sair de lá com Paloma, devido ao tumulto e à chegada dos bombeiros.
Paloma e Lutero enfrentam César
César se revolta com amigo e filha
Como o blog também já contou, Paloma passará um tempo escondida na chácara de Bernarda (Nathália Timberg) e somente encontrará a família quando for ao hospital encontrar Alejandra (Maria Maya), internada após engolir drogas. A traficante contará que foi a culpada pela prisão da médica e César pedirá desculpas por não ter acreditado na filha.
No entanto, a pediatra avisará que não pretende voltar para casa, pois se casará com Bruno. Revoltado, o dono do San Magno dirá que o corretor “não tem onde cair morto” e que pode estar interessado no dinheiro da família.
Paloma, decidida, não ligará para o que o pai fala e receberá o apoio de Pilar (Suzana Vieira). A mami poderosa acredita que Bruno ama sua filha de verdade.
Outra relação que ficará estremecida após este acontecimento será a amizade de César e Lutero. O chefão repreenderá o amigo ao saber de sua participação no resgate de Paloma, mas será colocado contra a parede: “Para de ser hipócrita, César. Você fala tanto em família, como se fosse o exemplo de um homem de respeito. Mas não é. Você tem uma amante. Quer um conselho? Largue aquela piranha”, dirá, ríspido.
César, que assumirá para a amante que a ama, a defenderá: “A Aline não é uma piranha. Limpe a boca antes de falar dela.” Mas Lutero continua: “É piranha, sim. Você me chama de velho gagá e eu te chamo de velho babão. Largue essa piranha enquanto é tempo ou vai perder a sua família!”

Qual a bebida alcóolica mais consumida no mundo?

Bebida de origem alemã é a mais pedida (Foto: Thinkstock)Você saberia dizer qual bebida alcóolica é a preferida entre todos os continentes do mundo? Com bases em pesquisas realizadas em diversos países, dá para ter uma ideia do que as pessoas mais gostam de beber.

Veja quais são as cinco bebidas mais consumidas do planeta:
1- Cerveja
Como é feita? Com a fermentação da mistura de malte, lúpulo e água, que são os ingredientes básicos. Algumas receitas também levam trigo, arroz e até café.
Origem: A cerveja tem origem alemã, sendo que a Lei da Pureza da Cerveja foi escrita em 1516 na Baviera.
2- Vinho
Como é feito? Com o esmagamento e a fermentação do sumo de uva.
Origem: Existem várias histórias acerca da origem do vinho. A Bíblia diz que foi Noé que plantou um vinhedo e começou a produzir o vinho. Os gregos também reivindicam sua criação, dizendo que era a bebida dos deuses. No Egito antigo já havia registros de pinturas que mostravam o uso do vinho em celebrações. Também há indícios da origem do vinho nas culturas dos titias, babilônios e outros povos.
Soju é bebida destilada de origem coreana (Foto: Thinkstock)3- Soju
Como é feito? O soju é uma bebida feita do destilamento do arroz. Também pode conter, em sua composição, batata, batata doce, trigo e cevada. O teor alcóolico varia de 20% a 45%.
Origem: A bebida tem origem asiática, mais precisamente na Coreia.
4- Vodca
Como é feita? Assim como o soju, a vodca também é um destilado feito a partir do arroz, e que, para obter um sabor diferente, também pode ter outros ingredientes misturados à receita, como cevada, milho, trigo, centeio e ervas. Ela é destilada a altas temperaturas e depois submetida a filtragens químicas.
Origem: A vodca é convencidamente originária da Europa Oriental (não se sabe ao certo se começou a ser produzida na Rússia, na Polônia ou mesmo na China ou no Japão, países asiáticos). Atualmente é a bebida nacional da Rússia.
5- Cachaça
Como é feita? A cachaça é um destilado feito a partir de cana-de-açúcar, leveduras e água. O caldo de cana é fermentado e depois segue para o processo de destilamento e maturação.


Origem: Os primeiros relatos sobre aguardente vêm dos egípcios e dos gregos! Mas foi aqui no Brasil que a cachaça se tornou a bebida conhecida que é hoje, com o produção iniciada nos engenho de açúcar do século 16.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Conheça os prós e contras de cada posição para dormir

Poucos hábitos são tão eficientes para melhorar a saúde do que dormir: fortalece a memória, ajuda a controlar a hipertensão e o diabetes, diminui riscos de doenças cardiovasculares e até mesmo previne a obesidade e a depressão! Mas para conseguir todos esses benefícios, só tendo uma noite muito bem dormida. E um dos fatores que podem estragar tudo isso é a posição em que nos deitamos. "Para podermos descansar e relaxar a musculatura, precisamos de suporte adequado para não torcer ou tensionar as articulações", comenta o ortopedista Cássio Trevizani, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Mecidina da Universidade de São Paulo (FMUSP). "Ao dormir em uma posição não adequada, a pessoa pode acordar com dores nos músculos, membros, músculos ou na cabeça, além de sensação de sono não profundo", completa o especialista.

Ficou preocupado com a forma como você dorme? Para você saber se está errando ou acertando nessa hora, desvendamos as principais posições para dormir e indicamos como deixá-las melhores ou até mesmo a aprender a mudar e adotar uma forma mais saudável na hora do sono! 
Moça dormindo de lado - Foto: Getty Images
Dormir de lado

Se você costuma deitar-se completamente de lado, parabéns! Essa é considerada a melhor posição para dormir. Você sabe por quê? "A questão é que ao se deitar de lado, você consegue manter a coluna mais alinhada", ensina o ortopedista Cássio Trevizani, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Além disso, é uma posição que permite que tanto a cabeça quanto os pés fiquem da altura do coração, o que facilita muito a circulação, fazendo com que o corpo funcione normalmente durante o período em que você está dormindo. 
Moça dormindo de lado corretamente - Foto: Getty Images
Como melhorar a posição de lado

Porém, não adianta apenas ficar deitado do jeito certo, alguns ajustes são necessários. Primeiro, o travesseiro: "o ideal é que ele tenha a altura do ombro, para a cabeça não ficar inclinada", estabelece o ortopedista Alexandre Podgaeti, coordenador da Comissão de Campanhas da Sociedade Brasileira de Coluna, membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. "Colocar um travesseiro entre os joelhos também é bom, porque um joelho bate no outro e assim eles ficam alinhados ao tronco", conclui o especialista.

A coluna também é um ponto a se ter atenção: tente respeitar as curvas naturais dessa estrutura, nada de tentar ficar retinho! Manter as pernas levemente flexionadas e o quadril relaxado também são ótimas pedidas para não forçar o nervo ciático. Quanto aos braços, nada de colocá-los para cima. "Dormir com o braço esticado em cima da cabeça pode fazê-lo acordar com dor no ombro, bursite ou tendinite... Isso é um reflexo de um travesseiro muito baixo", reflete Podgaeti. 
Moça dormindo de barriga para cima - Foto Getty Images

Dormir de barriga para cima

Essa não é a posição mais indicada, mas também não é de todo ruim para o corpo. O lado bom é que as articulações conseguem relaxar de forma satisfatória, impedindo torções e dores. Porém, a coluna não fica perfeita. "Você acaba retificando seu corpo, e o melhor jeito de manter as curvas da colina perfeita é deitando de lado", pondera Podgaeti. Outra questão é a maior chance de problemas como a apneia ou ronco aparecerem em que se deita nesta posição. "A língua vai para trás, atrapalhando a respiração", comenta o especialista. Lembrando que esse não é único fator que pode causar esses processos. 
Moça dormindo de barriga para cima - Foto Getty Images

Como melhorar a posição de barriga para cima

Uma das formas de garantir que você durma melhor de barriga para cima é com o travesseiro. Ao contrário da posição de lado, em que ele fica mais alto, ao deitar-se virado para cima ele deve ser bem baixinho. "Assim, evita-se uma tensão na musculatura cervical", explica Trevizani. Uma forma de garantir um relaxamento das pernas é colocar um travesseiro embaixo dos joelhos, o que permite que eles fiquem menos entendidos, relaxando os músculos da lombar e das coxas.

Já os braços, ao deitar-se de barriga para cima, devem ficar ao longo do corpo, ou com as mãos pousadas levemente sobre o abdômen. Sem por força, é claro, ou você acabará prejudicando a respiração. "Não é indicado colocar os braços para alto, pois acaba ficando desconfortável ao longo da noite", friza o especialista. 
Moça dormindo de bruços - Foto: Getty Images

Dormir de bruços

Se dormir de barriga para cima é aceitável, dormir de bruços é completamente contraindicado! Além de deixar o corpo reto também, da mesma forma que a primeira posição, ainda tem o agravante do pescoço. "Ao se deitar de lado, você precisa se virar para respirar, torcendo o pescoço cerca de noventa graus. Quando você coloca um travesseiro, então, além de torcer, você o hiperestende, causando dores cervicais", descreve o ortopedista Podgaeti. Infelizmente, no caso dessa posição, não há muito o que resolver, de acordo com os especialistas. "Mesmo que muitas pessoas estejam adaptadas a essa posição e se sintam confortáveis, podem ocorrer problemas de cervicalgia, dor nos ombros, bursite, tendinite e até dor nas costas", enumera o especialista.
Moça que se mexe dormindo - Foto: Getty Images

E se mudo de posição ao longo da noite?

Infelizmente, só dá para controlar mesmo nossa posição antes de adormecer, depois disso, é normal que nosso corpo busque adaptação para ficar mais confortável, e nós acabemos nos movimentando um pouco. "Isso é normal, então o que você pode fazer é sempre começar seu sono numa melhor posição, o resto não dá pra controlar", aconselha Podgaeti.

Porém, se você se mexe até demais, pode ser indicativo de outros problemas de sono. "Quem se vira muito na cama a noite precisa verificar se não há alteração no sono que pode gerar agitamento. Para isso existem tratamento específicos e é importante procurar um especialista em sono", recomenda Trevizani. 
Dormindo profundamente - Foto: Getty Images
Dá para mudar a posição em que eu durmo?

Outro problema é tentar mudar uma posição a qual seu corpo já está tão acostumado, não é mesmo? Mesmo os pequenos ajustes nas posições normais podem ser incômodos. Para o ortopedista Podgaeti, tudo é uma questão de treino e de insistência. "No começo sem dúvida você acaba voltando a posição ruim sozinho mesmo, mas com o tempo o corpo vai ficando cada vez mais na posição ideal e vai se acostumando", indica o especialista. Pode ser um processo cansativo, mas vale a pena tentar melhorar, para garantir um sono mais leve e reparador, que vai inclusive recuperar você de todo esse esforço! 

Aniversariante do Dia !!!

Camila freire 
Não podia deixa de registra aqui no meu cantinho no meu espaço, a data de uma pessoa muito especial que eu admiro e gosto muito a minha amiga Camila Freire uma pessoa  muito especial.
Há datas em um ano que não podemos esquecer, hoje é com certeza uma delas, afinal é o seu aniversário.

É muito bom fazer parte deste momento em que todas as pessoas que gostam de você comemoram mais um ano da sua existência.

Você é uma pessoa muito especial, e se olhar ao seu redor esta todo mundo querendo lhe dar um abraço bem forte e dizer: Feliz Aniversário!!!

É natural, pois você é uma pessoa muito querida, destas que a gente encontra pra conversar e nem se importa em ver o tempo passar.

Gostaria sinceramente que soubesse  que torço pela sua felicidade.

Desejo a você um dia repleto de boas surpresas e muitas alegrias.

Parabéns e Feliz Aniversário!

Enxaqueca: uso correto da medicação pode prevenir novas crises

Muitos mitos cercam a enxaqueca. O maior deles é que não existe tratamento para o problema, que se deve aprender a conviver com ela. Outro é que enxaqueca se trata com analgésicos, ou seja, sintomáticos, somente no momento das crises. Esse é um mito ainda mais perigoso, pois geralmente leva a automedicação e ao uso excessivo de analgésicos, que tornam na verdade a cefaleia ainda mais frequente.
Entretanto, o tratamento para enxaqueca existe sim. E deve ser individualizado, ou seja, levar em conta toda a história do individuo, como:
  • Seu tipo de enxaqueca
  • Frequência das crises
  • Tempo de inicio dos sintomas
  • Sintomas associados à dor de cabeça
  • Existência de outras doenças que são mais frequentes em quem tem enxaqueca, como distúrbios do sono, doenças psiquiátricas ou gastrointestinais.
Analgésico só alivia os sintomas, mas não trata a doença
Isso não esquecendo outras doenças não relacionadas frequentemente ao quadro, além de alergias medicamentosas que podem levar ao problema. Ou seja, é impossível tratar de verdade a enxaqueca se automedicando. Uma consulta detalhada com um médico especialista vai determinar qual é o melhor tratamento para a SUA enxaqueca, ou seja, para você.
Explicando um pouco melhor, o tratamento da enxaqueca se baseia em algumas medidas, como disse orientadas caso a caso. Antes de tudo, a pessoa com enxaqueca deve observar atentamente possíveis situações que ajudam a provocar a dor, os gatilhos para que as crises ou sintomas aconteçam. Exemplos desses gatilhos são:
  • Momentos de estresse
  • Alterações na rotina de sono
  • Menstruação
  • Jejum prologado
  • Barulho e claridade em excesso
  • Luzes piscantes
  • Movimentos bruscos
  • Alguns odores
  • Exercícios físicos em excesso
  • Alguns alimentos, como cafeína e álcool.
Evitar, dentro do possível, se expor a seus gatilhos, ajuda no tratamento, pois evita que algumas crises aconteçam. Esses gatilhos também devem ser informados ao seu médico para melhor orientação.

Tratamento da crise aguda

O medicamento vai ser orientado de acordo com as características da sua enxaqueca, como citado acima. Pode-se usar desde analgésicos comuns, até anti-inflamatórios e analgésicos específicos para enxaqueca, ou seja, que não tratam outras dores. Alguns exemplos são os triptanos (sumatriptano, naratriptano entre outros) e os ergóticos, que tem em sua composição uma substância chamada tartarato de ergotamina. A indicação desses medicamentos depende da intensidade e tipo de enxaqueca. Podem ser associadas outras medicações para sintomas comumente associados à cefaleia (náuseas e vômitos) como anti-eméticos.
Pessoas que tem um tipo de enxaqueca chamada enxaqueca com aura, onde além da cefaleia podem ocorrer alterações visuais e formigamentos/dormências pelo corpo, devem ser ainda mais cuidadosos ao fazer uso desses analgésicos específicos. Existe um momento certo para usá-los e às vezes podem até serem contraindicados. E o mais importante, não se deve usar mais que três analgésicos por semana, pois isso já é considerado um uso excessivo - podendo provocar cefaleia diária, a chamada enxaqueca crônica. Ou seja, automedicação não é o caminho. Na verdade é um dos maiores problemas que ainda encontramos para o tratamento correto da enxaqueca. Analgésico só alivia os sintomas, mas não trata a doença.

Tratamento preventivo

E se você apresenta cefaleia ao menos um dia por semana, todas as semanas, ou crises intensas, de longa duração, que não respondam bem ao tratamento de crise, muitas vezes te fazendo procurar um atendimento em emergências hospitalares ou fazer uso excessivo de analgésicos, deve ser iniciado um tratamento preventivo. A doença enxaqueca só é realmente tratada com esses tipos de medicamentos, que agem reequilibrando a função de alguns neurotransmissores tornando a pessoa menos susceptível a ter crises. Esses medicamentos NÃO são analgésicos, só podem ser prescritos pelo médico e, por existirem vários tipos, vão ser indicados de maneira individualizada para cada paciente. A grande maioria das pessoas ainda não sabe, mas a enxaqueca pode ser controlada, havendo uma redução da frequência e intensidade das crises.

O remédio é a única solução?

Medidas não medicamentosas, como prática regular de exercícios físicos, técnicas de relaxamento, meditação, acupuntura e auxílio psicológico também podem contribuir para a redução de suas crises. E estudos mostram que, se combinados com o tratamento medicamentoso preventivo, o resultado pode ser ainda melhor.
Enxaqueca tem tratamento. Muitas medidas, como os medicamentos preventivos, as terapias não medicamentosas e mudanças de estilo de vida, especialmente quando combinadas, podem proporcionar um controle efetivo de suas dores de cabeça.

Consulte seu horóscopo para a hoje dia 26

Dia 26/08
Áries
Momento para direcionar objetivos materiais e ter atenção dobrada com gestos consumistas. Valorize o mais essencial. 

Touro

Período para mais cuidado em negociações e atenção diante de parcerias. A Lua em seu signo desperta as emoções com mais intensidade.

Gêmeos
Tendências a esclarecer temas familiares. Período em que a comunicação estará acentuada para interagir profissionalmente. 

Câncer
O envolvimento com temas culturais tende a ser mais intenso. A comunicação será determinante para resolver pendências com parentes.

Leão
Seu regente, Sol, faz oposição com Netuno, o que recomenda cuidado para não criar confusões e mal entendidos diante de relacionamentos. 

Virgem

Com o Sol ainda conjunto a Mercúrio – que rege seu signo – sua comunicação estará acentuada. Propensões a bons debates nas convivências. 

Libra

Vênus, que rege seu signo, faz aspecto tenso com Urano, influência que recomenda atenção para não radicalizar com certos assuntos. 

Escorpião
A Lua em seu signo oposto traz tendências para se voltar mais com interesses das pessoas que tem mais convivência.  

Sagitário
Vênus forma aspecto tenso com Júpiter, regente de seu signo, influência propensa a mudar a maneira de lidar com algumas relações.

Capricórnio
Tendências a se expressar com mais intensidade. A interação com ambientes diferentes e pessoas de afinidade será maior.

Aquário

Regente de seu signo, Urano recebe aspectos tensos de Mercúrio e Vênus o que aponta tendências para expor mais o que pensa.

Peixes
A oposição do Sol com Netuno – que rege Peixes - tende a trazer um impulso maior para intervir em relações e repensar certas atitudes. 

sábado, 24 de agosto de 2013

Câncer de mama pode causar coceira e secreção

câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. No Brasil, a estimativa em 2012 foi de aproximadamente 50 mil novos casos. Estatísticas indicam aumento no número de casos mundialmente. Se diagnosticado precocemente e tratado, seu prognóstico é relativamente bom. No Brasil, a mortalidade por câncer de mama continua elevada provavelmente por ser uma doença diagnosticada ainda em estágios avançados. 
O câncer de mama não é comum antes dos 35 anos, porém a partir dessa idade o número de casos aumenta progressivamente. Mulheres com história familiar de câncer de mama, especialmente se parentes de primeiro grau foram acometidas pela doença antes dos 50 anos, merecem mais atenção, devendo ser acompanhadas a partir dos 35 anos. Outros fatores de risco incluem menstruação precoce, menopausa tardia (após os 50 anos), primeira gravidez após os 30 anos, obesidade, ingestão de álcool e não ter tido filhos.

Fique atento aos sintomas e diagnóstico

Os sinais do câncer vão além da presença de um nódulo na mama, podendo se apresentar das seguintes formas:
O autoexame sozinho não é eficaz para a redução da mortalidade por câncer de mama.
  • Alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações, inclusive no mamilo, com aspecto semelhante à casca de laranja
  • Coceiras e vermelhões, que devem ser avaliados
  • Secreção pelo mamilo com sangue ou secreção mais clara também é um sinal de alerta
  • Há o sintoma do câncer palpável, que é o nódulo no seio, acompanhado ou não de dor
  • Podem também surgir nódulos palpáveis nas axilas.
Lembre-se de que nem sempre essas alterações são sinais de câncer de mama. Por exemplo, a causa mais comum de dor no seio são as mudanças hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual de uma mulher.
As formas mais eficazes para a detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico e a mamografia. O exame clínico das mamas deve ser feito uma vez por ano pelas mulheres a partir de 40 anos. A mamografia deve ser realizada a cada dois anos por mulheres entre 50 e 69 anos, ou conforme orientação médica.

Só o autoexame resolve?

O autoexame pode ser realizado pela própria mulher para que conheça melhor seu corpo e possa notar possíveis alterações, mas não é eficaz para a redução da mortalidade do câncer de mama, porque ele só possibilita o diagnóstico de nódulos mais volumosos, enquanto a mamografia pode encontrar nódulos menores, e com isso em fases de mais fácil curabilidade. Portanto, o exame das mamas feito pela própria mulher não substitui os exames realizados por um profissional de saúde qualificado para essa atividade.
Texto escrito em coautoria com o Dr. Emerson Neves dos Santos - Médico Oncologista da CLINONCO, Graduado pela Faculdade de Medicina de Teresópolis, Coinvestigador de Pesquisas Clínicas Nacionais e Internacionais e Oncologista do Hospital Professor Edmundo Vasconcelos (SP).
VAMOS SE PREVENIR MENINAS NOSSA SAÚDE É MUITO IMPORTANTE!!!

10 erros que prejudicam a saúde bucal

Saiba o que você jamais pode fazer se quiser ter uma saúde bucal perfeita:
- Não escovar os dentes e não utilizar o fio ou fita dental. Esse é o erro número 1, pois é o principal cuidado que qualquer pessoa deve ter em relação a sua saúde bucal.
- Não visitar um dentista regularmente. Um erro que pode ter consequências, pois um problema que pode ser resolvido facilmente pode se tornar grave.
- Maus hábitos alimentares, podendo influenciar na alteração do pH da boca, favorecendo o aparecimento de cáries. Como por exemplo, ingerir alimentos com açúcares à noite.
- Utilizar a escova dental errada, dura ou média de cabeça grande por exemplo. Dessa maneira dificulta a escovação e pode machucar a gengiva.
- Não cuidar da saúde em geral, pessoas portadoras de algumas doenças que podem influenciar na saúde bucal. Exemplo da diabete que pode alterar o fluxo salivar.
- Não praticar atividades físicas. Muitos não sabem, mas a prática constante alivia o estresse, que pode ser a causa do Bruxismo.
- Tratar os dentes com pessoas não habilitadas, que não sejam dentistas ou dentistas não credenciados no Conselho.
- Automedicação é um erro comum na medicina, que também pode ocorrer na odontologia. Um simples remédio pode aliviar a dor, mas não resolver o problema dentário, prolongando a procura pela solução correta.
- Parar de utilizar o fio ou fita dental quando a gengiva sangra, um erro comum. O correto é utilizar mais e da maneira correta, e se não resolver procurar o dentista.
- Não proteger os dentes quando praticar esportes radicais, artes marciais ou qualquer outra atividade que envolva risco de quebrar os dentes.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Como cuidar bem do seu coração para evitar o infarto

Como anda a saúde do seu coração? Se você não sabe responder, abra o olho. Não é porque trabalha quietinho que ele deve ser esquecido! Pelo contrário. Alguns males que o afetam podem ser fatais. "As mulheres se preocupam muito com outras doenças e se esquecem dos problemas cardíacos. Só que, na meia-idade, eles atacam oito vezes mais a população feminina do que o câncer de mama", afirma o cardiologista Orlando Otávio de Medeiros. Veja como cuidar bem desse órgão e aumente as chances de viver bem por um longo tempo.


Faça a sua parte

A prevenção depende de você. Tire do cardápio frituras, embutidos, sal, açúcar e gorduras. Exercite-se três vezes por semana, no mínimo. Mantenha o peso ideal e afaste-se do cigarro e de situações estressantes. "Tente viver com mais tranquilidade, vendo o lado positivo da vida", diz Medeiros.


Fique de olho

Os sinais abaixo merecem atenção, pois indicam problemas cardíacos a caminho: dor no peito, coração falhando, tontura, palpitações, tosse frequente e falta de ar.


Infarto: as mulheres sofrem cada vez mais!

Há 50 anos, morriam de infarto nove homens para uma mulher, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia. Hoje, são seis do sexo masculino para quatro do feminino. As causas desse aumento são: carga de trabalho elevada (até com dupla jornada!), estresse e responsabilidades em excesso. Então, quanto mais cedo cuidar do seu coração, maior a probabilidade de você se livrar do fantasma da doença.


Menopausa, fase para ficar atenta

Na idade reprodutiva (em geral, dos 12 aos 45 anos), a mulher está mais protegida graças ao estrogênio. Esse hormônio atua no organismo ajudando, por exemplo, a manter elevado o bom colesterol. Quando a menstruação cessa, os níveis de estrogênio despencam e o corpo perde a proteção natural. A saída seria, então, fazer reposição hormonal? Não há consenso. "Existe um estudo em andamento, mostrando que parece haver benefício quando a reposição é feita entre 50 e 58 anos, mas não há resposta definitiva", diz o cardiologista Orlando de Medeiros. O ideal é conversar com o seu médico e definir o melhor para você.


Vá ao cardiologista após os 30 anos

Não tem saída: quando a menopausa chega, mulheres que nunca fizeram check up do coração precisam procurar um médico. "Hoje, elas infartam cada vez mais cedo por causa de má alimentação, de colesterol elevado e obesidade, entre outros fatores. Por isso, a partir dos 30 anos, a mulher deve procurar um cardiologista para fazer exames preventivos", recomenda o cardiologista João Vicente da Silveira, de São Paulo. Quem tem familiares com problemas cardíacos ou faz parte do grupo de risco deve procurar ajuda antes disso. A dica também vale para quem vai começar um programa de atividade física.


A gravidez traz riscos

Na gestação, o coração da mãe trabalha com sobrecarga, já que o volume de sangue em circulação aumenta. Por isso, certas grávidas desenvolvem pré-eclâmpsia (aumento da pressão arterial). "A hipertensão ou o diabetes gestacional, o nascimento prematuro ou o baixo peso do bebê mostram uma tendência à doença cardíaca", afirma Medeiros. Portanto, atenção: ao menor sinal de hipertensão, consulte um cardiologista.
 
Os fatores para as doenças cardíacas são:
Pressão elevada e sem controle (hipertensão)

Colesterol alto

Obesidade

Sedentarismo

Diabetes

Fumo e álcool

Histórico de doença cardíaca na família

Idade (mulheres na menopausa são mais propensas)

Gilmar Mendes dá mais 60 dias para PF concluir investigação sobre Aécio

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu mais 60 dias para a Polícia Federal (PF) concluir as investigações ...